João da Silva
E tudo começou com o desejo de emagrecer...
Mulher feliz, atuante, cheia de alegria de viver, energia, autoestima e otimismo. Sempre focada em desenvolver pessoas e a alta performance feminina…  Mas nem sempre foi assim. 

Já fui a rainha das desculpas, do depois eu faço e do deixa quieto. De ficar trancada no quarto por dias, com dó de mim, de não gostar do sol e da vida. De não gostar principalmente de mim. Na adolescência comecei a engordar e minha autoestima ficou muito comprometida.

Fumante, sedentária, gordinha, preguiçosa e com muitos maus hábitos, pensamentos sobre a vida e sobre mim, percebi que não gostava de viver e que não tinha mais nada a perder.

Entre regimes loucos e dietas perigosas, fui mantendo o meu peso, com alto risco para a saúde, mas para mim o mais importante, naqueles dias, era seguir o padrão. Meu humor se baseava nos ponteiros da balança. Se estava magra, ficava feliz e se não, me sentia a mais triste das criatura.
Na verdade formei uma crença de que para ser aceita, era preciso ser bonita e magra e assim, pagando um alto preço, me pus a me encaixar neste modelo, custasse o que custasse. Mas como não me mantinha magra, por uma condição errada de vida, sempre sofria o efeito sanfona. E como sofria com isso.

Depois de muitas tentativas, percebi que para ser magra, era preciso desconstruir todo o meu conceito de escolhas alimentares e prazer. Para ser magra e SAUDÁVEL, acima de tudo, precisaria mudar muitas crenças sobre mim mesma. Entendi que a saúde era a grande mantenedora da boa forma e beleza e para ter uma, precisaria conquistar a outra.

Então me pus a reformular toda a minha vida e a primeira parte a ser reciclada era a cabeça!!!

Aos trancos e barrancos, comecei a sair da inércia, reclamando, cheia de auto piedade, mas sem desistir, na maioria das vezes.

Anotava em minha agenda os dias que me vencia e conseguia fazer algo de positivo por mim e de passo em passo, tombo em tombo, emagreci ( mais uma vez), parei de fumar (queria ter um filho e o tempo estava passando rápido), joguei fora toda comida nociva de minha dispensa e os pensamentos idem de minha mente e os resultados foram chegando.

Exemplo de imagem
João da Silva
Então a surpresa aconteceu...
Muito mais do que ficar magra, saudável e com ânimo de viver, fiquei orgulhosa de mim!!! Comecei a ficar de bem comigo mesma, pois na verdade esta guerra era só comigo e me vencer, foi a vitória mais bonita que pude realizar!

Isto mudou tudo… Meus planos, meus objetivos e o meu propósito de vida. Mas toda esta visão, eu só teria mais tarde.

Nesta época, já aos 40 anos, me surgiu a oportunidade de gerenciar uma empresa muito respeitada e séria de emagrecimento e era a chance de realmente aprender tudo isso e ser paga para ser magra!!! (emprego dos meus sonhos).

Como dava palestras sobre como emagrecer e manter os resultados, precisava ser a primeira a fazer tudo que eu pregava; precisava manter meu novo estilo de vida para inspirar a todos, de verdade.

Comecei a me exercitar com frequência, sem ligar para os gritos internos da rainha da desculpa, que vez em quando voltava: hoje está frio, seco, calor, úmido, vai chover, estou mal, etc.

Entendi que é a gente que precisa da atividade física e não ela de nós… É claro que no começo, sempre é um grande esforço, mas aos poucos percebi que a ciência estava certa, e que o movimento é inerente ao ser humano.

Você já percebeu como a criança se exercita o tempo todo, feliz?

Estar fazendo uma atividade física frequente e contínua é a virtude mãe para toda a mudança; o start para ter e manter os resultados da nova vida!
Comecei a gostar. Ficava mal quando, eventualmente, não poderia ir. Mais do que estar magra e manter o peso, eu estava no CONTROLE!!! E era isso que mais me encantava.

Como é impressionante esta verdade… Quando você consegue controlar seu peso, começa a controlar tudo na sua vida como um efeito dominó maravilhoso, que vai pondo tudo no lugar!

E assim recuperei o controle em minha vida: Amor, família, finanças, trabalho, projetos futuros. E aos 40 e 45 anos, tive filhos, naturalmente!!! Saúde a toda prova!
Exemplo de imagem
João da Silva
E com toda essa bagagem, encontrei a minha missão: Ajudar mulheres a se desenvolverem, como eu tanto precisei um dia.
Para assumir essa missão com afinco e responsabilidade comecei a estudar a mente humana, saber mais sobre hábitos, como se instalam em nosso cérebro, estudei (e continuo estudando muito) neurociência, coaching, física quântica, thetahealing, meditação, telômeros, DNA e tudo o que eu podia para cada vez mais, tornar o caminho do recomeço, ameno.

Entendi que fazer a diferença na vida dessas mulheres, daria sentido a minha. Sou co-autora dos livros “O Poder do Mentoring & Coaching”, “Liderança Feminina em Ação” e “Mulheres antes e depois dos 50 anos” (em produção).

Fiz formação em Coach pelo instituto Holos desde 2013. Neurocoach pelo IBC desde 2017. Formada em Thetahealing.

Me tornei diretora de assuntos da mulher ABRH-MS. Membro do Comitê Jurídico e de Políticas Públicas e Sociais para mulheres da BPW Campo Grande. Associada à ICF.
Presidi o 1º encontro de Influenciadoras do Mato Grosso do Sul e já ajudei mais de 50 mil mulheres a terem um desenvolvimento de alta performance em várias áreas de suas vidas.

Já tive como clientes: OAB-MS, Santa Casa, Natura, Maturishow, FIEMS, Cassems.

Aprendi a SER PLENA!!! E por causa disso tudo, idealizei um programa para nós, mulheres, chamado VIDA PLENA, com três (3) edições já realizadas. onde estruturo o que é necessário para este renascimento, esta volta à tona, esta reinvenção de nós mesmas como pessoas, mulheres e profissionais.

Nunca fui tão feliz… Hoje com mais de 50 anos, sou sinônimo de alegria de viver, jovialidade e energia.

Recebi um carinhoso apelido de Musa Inspiradora de minhas clientes e isto passou a ser um troféu da mulher que construí para realmente SER FELIZ!

VEM COMIGO?
Exemplo de imagem